Será que as pessoas precisam de smartphones dobráveis? O da Lenovo já funciona - Planeta Mobile

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Será que as pessoas precisam de smartphones dobráveis? O da Lenovo já funciona

Dos pequenos ecrãs de 3/4 polegadas passámos para a era dos grandes ecrãs que rondam as 6 polegadas. Depois vieram os sensores de impressões digitais como forma de segurança, seguido das câmaras… duas, três, quatro, cinco… e ainda há quem lhe queira meter mais! A evolução dos smartphones continua e a era dos dobráveis há algum tempo que se faz anunciar.



O da Lenovo já funciona e a Samsung deverá ter o seu em breve, segundo indicam vários rumores, mas para que queremos nós um smartphone dobrável?

As tendências que se criam
Foi no verão de 2016 que a Lenovo anunciou que estaria a preparar os seus smartphones dobráveis, algo onde, de resto, várias parecem estar a trabalhar.


Smartphones curvos e flexíveis parecem ter sido tendências que não vingaram no mercado. Os G Flex da LG acabaram por morrer, os Edge da Samsung perderam a curva tão acentuada, mas agora a aposta parece mesmo estar nos dobráveis.

São conceitos que parecem demasiado futuristas e para o qual não parece que haja ainda um fundamento para a sua utilização. Colocá-lo no braço, como uma pulseira gigante, torná-los mais resistentes? Adaptá-los a profissões ligadas à saúde, à ciência?… São cenários plausíveis mas o conceito não deixa de ser questionável para o público em geral.

Uma estranha forma de smartphone

O futuro dobrável da Lenovo surgiu agora num pequeno vídeo no Twitter, a ser utilizado de forma funcional, ao estilo de um smartphone normal, mas todo dobrado.


O que mais é estranho neste vídeo e neste conceito de smartphone é a sua forma que parece um retrocesso de tudo o que estamos a viver atualmente ao nível dos smartphones.

O novo Lenovo apresenta-se com margens bastante largas, principalmente em baixo e em cima, provavelmente com os elementos “não dobráveis” que constituem um smartphone, como a bateria, por exemplo.

Será no final deste ano, início do próximo, que iremos assistir à chegada oficial destes modelos ao mercado… mas o seu sucesso continua questionável. Qual a sua opinião?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Idioma / Language